Inspiração para transformar materiais da natureza em arte

Grupo de artesanato de Candeias, Artemar, transforma escamas de peixe e concha de marisco em acessórios e artigos decorativos

Por Tiago Brito

É da natureza a principal inspiração para transformar materiais. Do mar surgem as peças decorativas e acessórios. Com o reaproveitamento de escamas de peixe e conchas de marisco, o grupo Artemar, de Candeias, produz artigos que encantam. Em parceria com a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, os trabalhos desses artesãos estão expostos no estande do município, nesta edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte).

É com as mãos de Dinalva Veloso de Moraes, 61 anos, que as matérias-primas podem virar brincos, colares e objetos de decoração. “O nosso trabalho tem como proposta a sustentabilidade. Pegar aquilo que as pessoas descartam e transformar em objetos que possam embelezar a casa ou ser utilizar como artigo pessoal”, explicou. “Participar da Fenearte é uma oportunidade para que o nosso trabalho seja conhecido e que tenha mais visibilidade”, completou.

A Artemar, formada há seis anos, é composta por cinco mulheres, todas de Candeias. A 16ª edição da Fenearte será realizada entre 2 e 12 de julho, das 14h às 22h (segunda a sexta) e 10h às 22h (sábado e domingo). O evento está reunindo mais de cinco mil expositores de 40 países. Desses, 31 artesãos de diversos segmentos, foram levados em parceria com o município.

SERVIÇO
Fenearte
Data: De 2 a 12 de julho
Local: Centro de Convenções, Olinda
Horários: 14h às 22h (segunda a sexta) e 10hàs 22h (sábado e domingo)
Valor: R$10 e R$ 5 (meia), de segunda a sexta. Nos finais de semana, R$ 12 e R$ 6 (meia)

 

FENEARTE-2015-JABOATAO-ESTANDE-FOTO-VALTER-ANDRADE_MG_9632-aa-texto2