Confira as matérias da série: “Jaboatão da Fenearte: Mãos que transformam”

A Agência de Notícias Acontece produziu textos sobre a vida de alguns jaboatanenses, que estão participando da Fenearte

Por Tiago Brito

O artesanato não só embeleza o ambiente, como também é um meio de descoberta, de superação e de empreendedorismo. Reunindo tudo isso, a Agência de Notícias Acontece preparou uma série de reportagens com o tema: “Jaboatão na Fenearte: Mãos que Transformam”, com a história de vida de alguns artesãos jaboatanenses, que estão participando da 17ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), que acontecerá até 17 de julho, no Centro de Convenções, em Olinda.

MESTRE SAÚBA – Mané gostoso, rói-rói e ratinho de corda, podem ser brinquedos até desconhecidos pelas gerações atuais, que trocaram as diversões de rua pelo passatempo digital, mas são atrativos populares que ainda resistem ao tempo. Entre os defensores dessa arte, está o Mestre Saúba.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/a-arte-brincante-do-mestre-sauba/

PEDRO VINIL – Em um ambiente cada vez mais digital, os discos de vinil, que marcaram época, ganharam outra utilidade. Objeto esquecido por muitos, agora, nas mãos de Pedro Augusto da Silva, 27 anos, é transformado em arte.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/disco-vinil-transformado-em-arte/

HELINE DOS SANTOS – Após passar um período no ramo de eventos, Heline dos Santos, de 46 anos, decidiu empreender. Há cinco anos, ela abriu o seu próprio negócio. Teve a ideia de trabalhar em casa, juntando alguns tecidos que guardava.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/costurando-novas-oportunidades/

MESTRE CUNHA – Imagine uma escultura de um anjo. Mas uma figura além do conhecido, com roupas coloridas e acessórios. Os animais também são fora dos padrões tradicionais: corpos irregulares e um misto de cores. Esses seres extraordinários, que vão além do imaginário, São criados pelo Mestre Cunha.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/?s=mestre+cunha

IARA TENÓRIO – Desde criança, morando em Jaboatão, a artesã é um dos principais nomes do ramo em Pernambuco. Com raízes no folclore nordestino, no maracatu, nos santos e anjos barrocos, ela dá vida a cerâmicas, vidros e telas.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/iara-tenorio-celebra-25-anos-de-artesanato/

NICOLA – O estilo barroco, entre suas características, utiliza figuras religiosas, como santos e anjos e a pompa das riquezas representadas pelo dourado do ouro. Com essas influências e um toque pernambucano, o jaboatanense Nicola consagrou o seu nome no artesanato.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/anjos-e-santos-criados-nas-maos-de-nicola/

LUCIENE E MARIA – O artesanato foi o impulso que Maria Paula e Luciene Maria precisavam para traçar novas metas na vida. A primeira, começou no ramo, por procurar algo para ocupar o dia a dia. A segunda, encontrou o artesanato em um momento delicado de sua vida.
http://acontece.jaboatao.pe.gov.br/16457-2/